sábado, 28 de fevereiro de 2015

MP articula ações para descontaminar praia de Alter do Chão

O MP (Ministério Público) do Pará em Santarém reuniu com representantes do poder executivo municipal e sociedade civil para articular ações com objetivo de garantir a descontaminação das águas em Alter do Chão.
A reunião, realizada na quarta-feira (25), foi conduzida pelos promotores Tulio Novaes, Maria Raimunda Tavares e Luziana Dantas.
Ministério Público do PAAnálises apresentadas ao MP pela Ufopa (Universidade Federal Oeste do Pará) atestam índices de coliformes fecais acima do padrão aceitável. As análises continuarão a ser feitas pela Ufopa, em cooperação técnica com o MP e a prefeitura, até que se tenha um relatório final de balneabilidade das águas.
A preocupação do MP é garantir a qualidade das águas para o consumo e para o banho, e que o Executivo execute projeto de saneamento adequado para a vila. “Não é momento de negar o problema, mas unir esforços para enfrenta-lo”, ressaltou a promotora Maria Raimunda.

De acordo com dados fornecidos pelo médico Frederico Galante, do posto de saúde local, em janeiro e fevereiro de 2015, os casos de diarreia atendidos somam 392, sendo 237 de moradores da vila. Com relação aos casos de hepatite, neste ano 13 casos já foram confirmados.
Risco
Dentre as ações, terá continuidade a análise das águas feitas pela Ufopa. Para que se tenha, ao final, relatório conclusivo relacionado à balneabilidade, a legislação prevê a coleta feita por cinco semanas consecutivas, o que será feito em cooperação técnica da Ufopa com a Secretaria Municipal de Meio Ambiente, a partir da primeira semana de março.
Os laudos já emitidos continuam sendo usados como prova pelo MP, e estão aditados na ação civil pública. A ação foi ajuizada pelo MP antes do período carnavalesco e ainda não tem decisão judicial, uma vez que o juízo determinou prazo para manifestação da prefeitura para posterior manifestação em relação às liminares.
Na reunião o procurador jurídico do município, José Maria Lima, questionou os laudos existentes, sob o argumento que teriam sido realizados de forma errada, por não atestarem a balneabilidade. A posição do procurador foi contestada pelos promotores, uma vez que os laudos foram emitidos por instituições competentes (Divisa e Ufopa) e confirmam o risco imediato de ingestão da água, mesmo durante a recreação, e são plenamente válidos.
O MP quer garantir, inclusive, que essa ação seja permanente e contínua, com relatórios anuais. O promotor Tulio Novaes ressalta que, independente de laudos relacionados às águas, é visível a ausência de saneamento e a necessidade de projeto adequado de esgotos para a vila, e se não forem executadas ações urgentes, o futuro do lugar está comprometido.
Estavam presentes no encontro os secretários de Saúde, Meio Ambiente, Infraestrutura e Turismo, que reconhecem o problema existente. Também representados a Associação Comercial, comunitários, Ufopa, Procuradoria Jurídica do município e Divisa.
Outras ações
As secretarias de Infraestrutura e de Saúde iniciarão ações de fiscalização da rede de esgoto, análise epidemiológica de água dos poços, sumidouros, despejos de águas diretamente nas águas do rio, e no prazo de 15 dias, informará as medidas adotadas para revitalizar os banheiros públicos localizados na praça 7 de Setembro, no centro da vila.
Os locais a serem investigados continuam sendo a praia do Cajueiro, Orla da Vila, Praia/Ilha do Amor, Praia do CAT e Cabeceira do Macaco.

quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

Juiz manda tirar WhatsApp do ar em todo o Brasil


whatsappUma decisão judicial pode tirar o Whatsapp do ar em todo o país.
O juiz Luiz Moura Correia, da Central de Inquéritos da Comarca de Teresina (PI), determinou que uma empresa de telefonia “suspenda temporariamente até o cumprimento da ordem judicial (…), em todo território nacional, em caráter de urgência no prazo de 24 horas após o recebimento, o acesso através dos serviços da empresa aos domínios whatsapp.net e whatsapp.com, bem como todos os seus subdomínios e todos os outros domínios que contenham whatsapp.net e whatsapp.com em seus nomes e ainda todos números de IP (Internet Protocol) vinculados aos domínios já acima citados”.
A decisão do juiz Luiz Moura Correia é ainda mais ampla.
Ele diz que a empresa de telefonia deve “garantir a suspensão do tráfego de informações de coleta, armazenamento, guarda e tratamento de registros de dados pessoais ou de comunicações entre usuários do serviço e servidores da aplicação de trocada de mensagens multi-plataforma denomidada Whatsapp, em que pelo menos um desses atos ocorra em território nacional”.
O processo corre em segredo de Justiça. A empresa de telefonia luta para cassar a decisão, tomada pelo juiz Luiz Moura Correia em 11 de fevereiro, antes de ser obrigada a cumpri-la.
A empresa de telefonia foi comunicada da decisão de Moura Correia em 19 de fevereiro por meio de um ofício do delegado Éverton Ferreira de Almeida Férrer, do Núcleo de Inteligência da Secretaria de Segurança Pública do Piauí.

terça-feira, 24 de fevereiro de 2015

Ex-prefeito Valmir Climaco é acusado de comprar escola que já pertencia ao município

Climaco, ex-prefeito de ItaitubaEntidades e movimentos sociais de Itaituba, no oeste do Pará, irão apresentar esta semana no Ministério Público um dossiê apontado várias irregularidades praticadas pelo ex-prefeito de Itaituba Valmir Climaco de Aguiar [do PMDB – foto]. A informação é do jornalista e blogueiro Evandro Corrêa
De acordo com as denúncias, entre os anos de 2010 e 2012, o então prefeito Valmir Climaco autorizou a realização de procedimento para a compra da escola Águia do Saber, que já pertencia a municipalidade.
A escola foi inaugurada em 1993, na administração do então prefeito Wirland Freire.
Segundo a denúncia que será apresentada ao MP, mesmo sabendo que a escola já era patrimônio do município, o ex-prefeito Valmir Climaco autorizou o pagamento de R$ 529 mil para a compra da unidade de ensino.
Além disso, o ex-prefeito é acusado de autorizar o pagamento de R$ 147.947,70, para reformar a escola, sendo que a obra nunca teria sido realizada. O dinheiro foi repassado a construtora Terplan Ltda – ME, que nunca executou o serviço de reforma.
Valmir Climaco é acusado de efetuar um pagamento no valor de R$ 650 mil pela reforma do Centro de Educação Infantil de Moraes de Almeida, distrito localizado a cerca de 300 Km de Itaituba, sendo que a obra nunca foi executada.
De acordo com a denúncia, os pagamentos foram realizados em duas parcelas, sendo R$ 289,200,00 no dia 18 de dezembro, e R$ 360,800,00 pagos no dia 28 de dezembro de 2012.
Ainda no final de 2012, o prefeito teria autorizado o pagamento de R$ 241.206, 27 á Terplan Construtora Ltda, a título de pagamento pela reforma de uma escola situada no distrito de Água Branca, sendo que a obra nunca foi executada.
Procurados pela reportagem de O Liberal, o ex-prefeito Valmir Climaco e a empresa Terplan Construtora não quiseram se pronunciar sobre o assunto.

domingo, 22 de fevereiro de 2015

AVEIRO E SUAS HISTORIAS ESTRANHAS

Sem data pra terminar essa guerra pessoal entre prefeito e vereador até agora está 1x1 pois o prefeito ganhou usando a base de situação ganhou o recurso pra nova eleição da mesa diretora da camara municipal e já o ex presidente que está provisoriamente presidente já declarou que fez a mesa duas e vezes e vai fazer  a terceira e que com essa decisão que perde é o município que mais uma vez irão mostrar a força da oposição que hoje é forte contra o gestor Olinaldo Barbosa (Fuzica).
Ronilson ou Preto Sátiro como é conhecido popularmente o presidente está confiante na vitoria de seu candidato,assim como sua pré candidatura a prefeito do município o qual está assegurado que o povo de Aveiro já abraçou sua candidatura como prospera,vamos esperar e ver como irão se comportar a famosa politica daquele município que agora tem uma grande chance de entrar pro Guines o livro dos recordes, como o município que mais troca de representação politica em tempo recordes.

terça-feira, 17 de fevereiro de 2015

Itaituba- Mulher morre em acidente e o motorista foge

Neste final de semana mais uma vitima morreu decorrente de acidente de trânsito em Itaituba, Dessa vez o acidente foi registrado no sábado, dia 14, por volta das 23:00 horas na rodovia Transamazônica perímetro urbano com a 34ª Rua do Bairro Santo Antônio.

Segundo informações uma camionete modelo D-20 que trafegava pela rodovia bateu na traseira de uma moto, onde estava um casal, com a batida a mulher que estava na garupa da moto foi jogada no asfalto e o veiculo teria passado por cima da mesma que não resistiu a gravidade dos ferimentos e veio falecer na hora. Militares do corpo de bombeiros e profissionais do SAMU ainda foram chamados, mas não havia nada mais a ser feito pela jovem. O piloto da moto foi levado para o hospital municipal com ferimentos leves. O motorista da camionete fugiu do local sem prestar socorro às vitimas, mas ele já esta sendo procurado pela policia.
E quem souber de qualquer informação que possa levar ao condutor e agora assassino por favor informe as autoridades (190). 

segunda-feira, 16 de fevereiro de 2015

Professora mata namorado de 16 anos com uma facada em Aveiro

 

O crime ocorreu na cidade de Aveiros na madrugada de hoje, por volta das três horas. Eles estavam namorando há pouco tempo e na madrugada deste domingo (15) o conturbado relacionamento terminou em tragédia. 
A briga tive início numa festa em que o casal participava por causa de ciúme. A professora Ednaira Mercês Cavalcante, 31 anos, uma das coordenadoras do Sintep de Aveiro, foi dançar com um amigo desperto o ciume em Jackson Ricardo, que se retirou da festa deixando a namorada. Mas a professora foi atrás e ainda na rua iniciaram um bate boca seguido de agressões físicas. Já em casa a briga continuou com agressões mútuas e em dado momento a professora desferiu um único golpe certeiro com uma faca de serra no peito acertando pulmão da vítima que morreu ao ser atendido no Hospital de Aveiro.
Ela foi encaminhada para Itaituba onde prestou depoimento ao escrivão Haroldo. E a principio usou a tese de que seria suicídio, afirmando que seu namorado tinha se matado, mas o policial usando de sua experiência e uma certa estratégia psicológica não aceitou a versão e fez sucessivas perguntas que acabaram induzindo Ednaira a confessar que de fato ela tinha assassinado Jackson, mas alegou que estava sendo espancada por ele e se tratou de legítima defesa.
O corpo da vitima chegou por volta de meio dia deste domingo (15) em uma lancha da Ação social de Aveiro acompanhada por membros do Conselho Tutelar. 
A professora teve contra si a lavratura do flagrante e será encaminhada a Cadeia Pública por crime de homicídio. O caso foi trazido para Itaituba pelo escrivão Manuel Filho e pelo investigador Antônio Lira lotados na delegacia de Aveiro.

sexta-feira, 13 de fevereiro de 2015

Acidente com vitima fatal na ponte do KM-13 sentido CAIMA

O acidente aconteceu por volta das 21 horas desta quinta feira, 12, na rodovia transamazônica BR-230 na ponte do KM 13 sentido CAIMA. Uma camionete caiu da ponte e motorista morreu.

Segundo informações colhidas pela nossa reportagem a camionete modelo D-20, vinha sendo dirigida por um homem identificado por “Tonhão” que viria em alta velocidade sentido cidade, e devido à poeira na estrada o mesmo não teria se dado conta da ponte, bateu em uma pequena mureta de madeira da ponte e veio a cair em um rio. O veiculo caiu com as rodas para cima, devido à forte batida nas pedras do rio, o motorista veio á ficar preso nas ferragens sem condições de sair e veio há falecer.
Um taxista que trafegava sentido contrario a D-20, ainda foi atingido pela camionete, no táxi as marcas da batida, por pouco o táxi não foi jogado fora da ponte. O taxista retornou ate conseguir ligar para o socorro. Militares do corpo de bombeiros e agentes do SAMU estiveram no local, mas não havia nada mais há ser feito pelo motorista que já estava sem vida.
Os militares montaram uma operação para retirar o motorista de dentro do veiculo que estava com a maior parte submersa, foi preciso usar alguns equipamentos como um alicate de pressão para cortar alguns ferros que prendiam o corpo do motorista. Depois de mais de meia hora de trabalho o corpo foi retirado e levado para o Instituto Medico Legal. 

quinta-feira, 12 de fevereiro de 2015

COMTRI faz alteração no trânsito em período carnavalesco

Para dinamizar o fluxo de pessoas e de veículos na orla da cidade no período do carnaval, a Prefeitura de Itaituba, através da Coordenadoria Municipal de Trânsito (COMTRI), viabiliza um planejamento estratégico para dinamizar e proporcionar segurança para os foliões e condutores.

Conforme o diretor administrativo do órgão, Anderson Pantoja, nos dias 15, 16 e 17, a partir das 18 horas, o trecho da Getúlio Vargas compreendido entre as travessas Victor Campos e 13 de Maio será interditado.
Outro detalhe que é necessário atenção é que, o trecho da travessa 13 de Maio entre Getúlio Vargas e Hugo de Mendonça será exclusivo para taxi. A COMTRI estará com cones de sinalização no local, bem como com agentes de trânsito.

Com essas medidas, a COMTRI informa que tudo foi pensado para que veículos e pedestres tenham acesso ao centro sem transtornos, e ainda, com segurança. Agentes do órgão vão estar nesses locais orientando veículos e pedestres.

Decisão final sobre extradição de Pizzolato será 'política', diz PG

Corte de Cassação de Roma acatou recurso do Brasil para extraditá-lo.
Ex-diretor do BB foi condenado no processo do mensalão e havia fugido.

O secretário de Colaboração Internacional da Procuradoria-Geral da República, Vladimir Aras, afirmou nesta quinta-feira (12) que a decisão sobre a extradição do ex-diretor de marketing do Banco do Brasil Henrique Pizzolato para o Brasil será "política".
Nesta quinta, a Corte de Cassação de Roma, na Itália, decidiu pela extradição de Pizzolato mas, antes da entrega do condenado ao Brasil, a decisão será submetida ao Ministério da Justiça italiano.
Pizzolato foi condenado a 12 anos e 7 meses de prisão no julgamento do mensalão do PT. Segundo o Supremo Tribunal Federal (STF), ele cometeu os crimes de corrupção passiva, peculato e lavagem de dinheiro.
A Corte de Cassação acatou recurso do governo brasileiro e do MInistério Público da Itália, contra sentença da corte de Bolonha do ano passado que negou a extradição.
"A decisão sobre a extradição [de Pizzolato] pertence ao Executivo [italiano]. Esse é só o primeiro momento, um momento jurídico [a decisão desta quinta]. O próximo é um momento político. Uma coisa é a autorização, e a segunda é a entrega", explicou o procurador.
Questionado sobre uma possível "interferência" do caso Cesare Batisti na decisão do governo italiano de entregar ou não Pizzolato ao Brasil, o chefe de gabinete da Procuradoria, Eduardo Pelella, afirmou que o Ministério Público "não pode entrar nesse mérito".
"Se o caso Batisti vai interferir, nós do Ministério Público Federal não poderemos entrar nesse mérito. Essa discussão passa a ser uma discussão política", disse Pelella.
Durante a entrevista, os procuradores destacaram que Pizzolato não foi condenado por crimes políticos, o que, em tese, facilitaria sua extradição, diferentemente de Batisti, cuja condenação foi considerada "política" pelo governo brasileiro.
"A condenação do Pizzolato não tem nenhum crime político no meio, são crimes comuns, corrupção, lavagem de dinheiro e peculato, são crimes graves", disse Aras.
Caso o governo italiano opte por não entregar Pizzolato ao Brasil, os procuradores explicaram que o Ministério Público trabalha com planos B e C".
"Se, portanto, o Ministério da Justiça italiano resolver não entregá-lo, então nós voltaríamos a este momento de avaliar a adequação desse plano B, de ele cumprir a pena na Itália, já que existe essa possibilidade na legislação italiana", disse Aras. O "plano C", segundo o secretário, seria pedir um novo julgamento na Itália.
Defesa
O advogado de Pizzolato, Alessandro Sivelli, disse em comunicado enviado à imprensa que está espantado com a anulação da decisão anterior que rejeitava a extradição, sem que fatos novos fossem apresentados, mas afirmou estar certo de que o Ministro da Justiça italiano não a concederá.
Segundo ele, a defesa tem a intenção de recorrer à Corte Europeia de Direitos do Homem, além de pedir ao Ministro da Justiça italiano que não conceda a extradição – o ministro ainda precisa aprovar a decisão da Corte de Roma. A defesa já apresentou um recurso na Corte Interamericana de Direitos Humanos.
“Estamos confiantes, de fato certos de que o ministro não concederá a extradição, como já fez em um caso semelhante, no qual negou a extradição do cidadão ítalo-brasileiro Salvatore Cacciola - já que o Estado brasileiro não reconhece o princípio de reciprocidade e portanto não permite a extradição de seus próprios cidadãos”, afirmou.
“O tratado de extradição ítalo-brasileiro prevê que a extradição não deve ser concedida quando a condenação pronunciada pelo estado requerente tenha ocorrido em violação dos direitos de defesa, e quando haja séria possibilidade de que a pessoa procurada possa receber tratamento desumano que violam os direitos fundamentais do homem”, afirmou.
O advogado ressaltou a condição das prisões brasileiros, principal fato utilizado pela defesa para tentar evitar a extradição. “Quanto à situação dos cárceres brasileiros, foi documentado por organizações e organismos internacionais de respeito e até pelo próprio Estado brasileiro o tratamento desumano e degradante ao qual os detentos são submetidos, e sobretudo que o Estado brasileiro não pode garantir a segurança pessoal dos presos.”
Histórico
Em 2013, quando o STF se encaminhava para rejeitar os últimos recursos da defesa e determinar a execução da sentença do mensalão, Pizzolato, que tem cidadania italiana, fugiu para a Itália.
Ele foi preso na cidade de Maranello em fevereiro de 2014 após a expedição de um mandado de segurança do Supremo Tribunal Federal à Interpol. No momento da prisão, o ex-diretor do BB portava documento falso.
Depois, Pizzolato foi solto em 28 de outubro, quando a Corte de Bolonha negou sua extradição e permitiu que ele respondesse em liberdade. No mês seguinte, a Advocacia-Geral da União (AGU) do Brasil apresentou o recurso contra a decisão.
Na sessão desta quarta na Corte de Cassação, a defesa de Pizzolato usou como argumento o caso do ativista italiano Cesare Battisti, que teve o pedido de extradição para a Itália negado pelo Brasil. A defesa do ex-diretor do BB apela para o princípio da reciprocidade, em que a Itália deveria tomar a mesma decisão tomada pelo Brasil. Isso, entretanto, não foi aceito pela Justiça.

domingo, 8 de fevereiro de 2015

Acidentado na Transamazônica morre em hospital de Santarém.

Batida envolveu dois carros e uma carreta em Itaituba. Em estado grave, motorista foi trazido para Santarém.

Eduardo Magalhães Teixeira, de 20 anos, vítima de acidente de trânsito envolvendo dois carros e uma carreta na sexta-feira (6), na Rodovia Transamazônica, em Itaituba, oeste do Pará, morreu ainda na noite de sexta no Pronto Socorro Municipal de Santarém. Segundo a assessoria de comunicação do hospital, o paciente deu entrada na unidade em estado grave e foram feitas várias manobras de reanimação, mas não adiantou e a vítima morreu às 21h40.
O acidente aconteceu no trecho urbano da rodovia, em frente ao quartel do Corpo de Bombeiros de Itaituba. Segundo testemunhas, um dos carros invadiu uma das pistas e se chocou contra o outro carro, que seguia em alta velocidade. Com o impacto, um dos veículos foi arremessado contra a carreta, que estava parada, e o Eduardo foi parar embaixo do veículo. Ele foi trazido para Santarém em estado grave. O outro motorista envolvido no acidente fugiu do local.

domingo, 1 de fevereiro de 2015

A lenda voltou! Spider joga Nick Diaz para escanteio, vence e cai no choro

Anderson Silva não cai em provocações exageradas do americano, chuta sem medo com a recuperada perna esquerda e se emociona. Futuro é deixado em aberto


A agonia de ficar longe do que mais ama durou 398 dias. Dúvidas e questionamentos não deixaram Anderson Silva em paz desde a fratura na perna esquerda na revanche contra Chris Weidman, em 28 de dezembro de 2013. Mas tudo isso se transformou em energia e força para o esperado retorno ao octógono. Os fãs de MMA aguardaram um bom tempo e agora podem desfrutar: a lenda está de volta. O Spider teve pela frente o americano Nick Diaz na noite deste sábado em Las Vegas (madrugada no Brasil), na luta principal do UFC 183, e cumpriu seu papel com êxito. Precisou de cinco rounds, é verdade, mas saiu com a vitória.
O brasileiro, que costuma tentar desestabilizar os adversários emocionalmente, experimentou o outro lado da moeda com Diaz e jogou as provocações e palhaçadas exageradas do rival para escanteio. Não teve medo de chutar com a recuperada perna esquerda e se sagrou vencedor por decisão unânime dos jurados (49 a 46, 50 a 45 e 50 a 45) após cinco rounds, em sua primeira luta a terminar na buzina final desde que bateu Demian Maia em 10 de abril de 2010. Na comemoração, o alívio, e Anderson caiu no choro, aos prantos. Foi o fim de um capítulo emocionante na história do maior nome das artes marciais mistas na atualidade.
Anderson Silva x Nick Diaz, UFC 183 (Foto: Getty Images)Spider cai no chão e chora após ser anunciado vencedor em sua primeira luta pós-lesão (Foto: Getty Images)


- Eu não sei o que dizer. Obrigado, Deus, por me dar mais uma chance. Obrigado aos meus amigos e à minha família. Esse momento é muito importante para mim, para toda a minha família e para todos os brasileiros. Queria agradecer a todos vocês que estiveram aqui, a todos os brasileiros. Esse momento, para mim, é muito importante por conta de tudo o que sofri neste um ano. Achei que não ia voltar a lutar no começo. Queria agradecer ao Dr. Márcio Tannure, ao médico que me operou aqui, ao Dana White, ao Lorenzo Fertitta e a todo mundo que me apoiou até aqui - disse Anderson, emocionado, ao fim do duelo.
Veja o evento novamente no Combate Play!

O futuro de Anderson Silva é uma incógnita. Com mais 14 lutas no contrato com o UFC, ele está com 39 anos e vive recebendo pedidos da família para que se aposente. Se depender do público, ele ainda lutará por muitos anos.

- Vou voltar para a minha família agora. Meu filho Kalyl pediu para eu parar de lutar. Então eu vou voltar para a minha casa para ficar com meus filhos e, não sei, talvez eu volte.
Anderson Silva x Nick Diaz, UFC 183 (Foto: Getty Images)Anderson Silva venceu Nick Diaz por decisão unânime no UFC 183 (Foto: Getty Images)


A luta: domínio do spider
O frio na barriga na hora da entrada de Anderson foi geral na MGM Grand Garden Arena, mesmo palco de quando ele quebrou a perna, 13 meses atrás. O suspense até que as luzes fossem ligadas, após a escuridão momentânea, contribuiu para o cenário. E ele caminhou aparentando a maior tranquilidade do mundo. Cantou sua clássica música "Ain't no sunshine" e cumprimentou todos da sua equipe. Subiu no octógono. Era chegado o momento, era para valer. Antes de começar, pediu proteção a Deus, apontando para o céu.
Bem ao seu estilo, Nick Diaz começou a falar e a fazer provocações a Anderson logo de cara. O americano tentou entrar na mente do Spider e até se jogou no chão. Foi para a grade e chamou o brasileiro, que ficou parado. Foi apenas uma prévia do que faria no decorrer da luta.
Anderson Silva x Nick Diaz, UFC 183 (Foto: Getty Images)Nick Diaz deita e provoca Anderson Silva (Foto: Getty Images)

O ex-campeão soltou bons cruzados e acertou Diaz, que não esboçou reação. Nick jogou bons golpes. Anderson respondeu com chute baixo com a perna esquerda, aquela fraturada. E a torcida inteira passou a apoiá-lo. O brasileiro também fez as suas provocações. Ele encurralou Diaz e conectou bons jabs. Nick tentou um chute alto que pegou de raspão. A essa altura, o campeão dos pesos-meio-pesados, Jon Jones, e o desafiante número 1 dos pesos-penas, Conor McGregor, já estavam de pé na primeira fila. Jones, por sinal, praticamente trabalhou como instrutor de Anderson no combate, gritando dicas para Spider o tempo todo.
As provocações continuaram no segundo round, e a torcida brasileira passou a xingar Diaz com palavrões. Focado, Anderson não deu brecha para o azar. Nick jogou chutes baixos, e Anderson respondeu com um direto e outro chute com a perna esquerda. Diaz jogou boa combinação e por pouco não levou uma cotovelada no contra-ataque. Anderson conectou um chutaço na barriga; na sequência, botou a mão na cabeça do americano e levou três diretos, mas não sentiu.
Provocações de diaz não surtem efeito
No terceiro assalto, Anderson deu um pisão no joelho de Nick Diaz e emendou outro chute baixo com a esquerda. Foi para cima e conectou joelhadas, mais golpes de boxe. Nick, com o rosto parcialmente ensanguentado, cuspiu o protetor bucal e sem ele ficou até o fim do round, sem que o árbitro John McCarthy percebesse. Sem ter resultado nas provocações, o americano foi perdendo cada vez mais espaço na luta, enquanto Anderson ia soltando o jogo.
Anderson Silva x Nick Diaz, UFC 183 (Foto: Getty Images)Nick Diaz vira de costas para o brasileiro durante o combate (Foto: Getty Images)

- Eu estava dizendo: "Vamos lá. Me bata, venha apanhar um pouco". Eu vou falar o que falo, fazer o que faço. Esse foi um grande show. Esse é Anderson Silva - explicou Nick Diaz, que foi elogiado por Anderson, apesar das palhaçadas.
- Nick é o melhor. Eu já estou aqui há muito tempo. É a primeira vez na minha vida que eu luto contra um cara mentalmente forte, que tem golpes e chutes potentes. Esse é um grande show para as pessoas. Ele é um bom show, eu também. Ele não é um cara mau. É apenas Nick Diaz.

Os dois se movimentaram muito no começo do quarto round, e Diaz acertou bela combinação de boxe. Com a guarda baixa, Anderson saiu de vários golpes do americano. Nick foi no chute baixo e levou prejuízo no contra-ataque. O chute alto passou raspando o rosto dele. Diaz voltou a provocar e fez polichinelo no octógono. O ritmo do combate diminuiu, e o público ensaiou algumas vaias.

Diaz deu a cara para Anderson bater no início do quinto assalto, dançou e foi vaiado. Anderson foi para cima no boxe, mas ficou na defesa. O americano deu leve balançada em Anderson com um cruzado de esquerda e levou um chute alto na cabeça como resposta. Nick se animou, mas foi para trás com um jab potente. O Spider jogou joelhada voadora e chute alto rodado, ambos passando perto. Nos momentos finais do duelo, o brasileiro não deu brecha para uma surpresa de Nick e, ao soar do gongo, saiu comemorando. Ele sabia o que estava por vir: a vitória que consagrou seu retorno ao MMA após 13 meses longe de seu habitat natural.

sexta-feira, 30 de janeiro de 2015

Nova mesa diretora da AMUT foi empossado prefeitos Alexandre Von e Eliene Nunes

Nesta sexta-feira (30), às 9 horas, ocorreu a eleição da nova diretoria da Associação dos Municípios das Rodovias Transamazônica (AMUT) Santarém-Cuiabá e Região Oeste do Pará (AMUT), para os próximos 12 meses. Após a eleição, ouve a aclamação da chapa única com posse dos membros, tendo na Presidência o prefeito de Santarém, Alexandre Von, na Vice-Presidência, a prefeita de Itaituba ,Eliene Nunes que assume pela segunda vez a cadeira de vice presidente sendo também vice do consorcio Tapajós , na Tesouraria, o prefeito de Novo Progresso, Osvaldo Romanholi, e na Secretaria, o prefeito de Anapu, João Batista. A eleição e posse da nova diretoria ocorrem na sede da entidade, na Avenida Conselheiro Furtado, 3354 – São Bras, Belém-Pará.

No próximo dia 06/02, a nova diretoria da entidade já realiza seu primeiro evento, em Santarém: uma reunião de trabalho entre a Secretaria de Estado de Educação (SEDUC), e os Municípios que fazem parte da AMUT e AMUCAN (Associação dos Municípios da Calha Norte).

terça-feira, 27 de janeiro de 2015

Policia Militar prende casal que do crime barbaro do recém nascido em Itaituba

O crime que  chocou a opinião pública pelo requinte de crueldade com que foi cometido. Na manhã de sábado, o corpo de um recém-nascido parcialmente enterrado na areia, foi encontrado em frente a uma oficina, às proximidades de um motel, na 32ª Rua do bairro Santo Antônio.
  A  guarnição da Polícia Militar foi destacada para preservar o local. As investigações foram desenvolvidas pela própria PM, mas com poucas informações. Já na noite de segunda-feira, dois dias depois do crime, uma informação levou a polícia até a jovem Ana Cláudia Delmonte Pereira, de 21 anos de idade. Ela estaria começando a trabalhar em uma casa noturna na travessa 13 de Maio. Foram feitas as primeiras incursões, mas sem resultado. Em seguida, uma nova informação alertava a polícia. A jovem havia confessado o crime para as colegas de trabalho, e as mulheres já se mobilizaram para fazer justiça com as próprias mãos. Minutos depois, a PM faz a detenção da acusada. Ela foi interrogada e logo admitiu a culpa.
Ana Clara disse que estava grávida de quatro meses, mas isso só será confirmado através de laudo da perícia. Ela também confessou que a criança ainda estava viva quando foi enterrada. Mas Ana Clara não fez tudo sozinha. Antes de passar pelo aborto, a jovem contou que consumia drogas no quarto de um motel acompanhada de um homem, que ela disse se chamar “Daniel”. A polícia foi a três lugares, antes de localizar o suspeito. Primeiro, na 28ª Rua, bairro São Tomé. Em seguida, na 15ª, no mesmo bairro, onde a polícia foi informada de que o homem, identificado como Daniel dos Santos Pereira, 29, estaria na casa dele, no residencial Viva Itaituba. Mais uma investida, desta vez com sucesso. Daniel já estava dormindo quando foi “visitado” pela polícia.
 O suspeito tentou argumentar, mas foi reconhecido e incriminado pela mulher, que já estava detida. “Daniel” recebeu voz de prisão e foi conduzido para a viatura para ser apresentado ao plantão da Seccional de Polícia. Ele foi apontado como a pessoa que enterrou a criança. Depois de efetuadas as prisões, o subtenente Antonio Dutra, que comandava o grupo de policiais voltou a conversar com a reportagem, e confessou que, apesar de três décadas como policial, poucas vezes acompanhou um caso tão chocante.
Daniel ou como é conhecido por Danielzão,hoje pela manhã estava tentado convencer o delegado em pudece fazer  telefonema por ter direito segundo o próprio acusado se referia ser  é ex assessor de alguém aqui na cidade de Itaituba. 
Delegado Jardel Guimarães
  A polícia informou, ainda, que o casal já estaria fora da condição de flagrante, mas que pode ser pedida a custódia preventiva como medida cautelar. Também será aguardado o laudo do IML, para saber exatamente o período de gravidez e as condições clínicas em que a criança estava ao nascer. Só então será possível fazer a devida tipificação penal, que pode incluir homicídio, infanticídio ou ocultação de cadáver.

sexta-feira, 16 de janeiro de 2015

Brasil pede ajuda ao Papa contra condenação à morte de brasileiro


O assessor especial da Presidência da República para assuntos internacionais, Marco Aurélio Garcia, informou nesta sexta-feria (16) que o governo brasileiro pediu ajuda ao Papa Francisco contra a condenação à morte do brasileiro Marco Archer, preso na Indonésia em 2004 por tráfico de drogas. Garcia afirmou que ele será fuzilado à meia-noite de domingo (18) – 15h de sábado (17) no horário de Brasília.
“Fiz chegar à representação da Santa Sé no Brasil um pequeno dossiê sobre o caso e me foi assegurado que isso seria enviado à Secretaria de Estado do Vaticano para que sua Santidade pudesse interceder em favor de uma atitude de clemência do governo indonésio”, disse Marco Aurélio Garcia.
A jornalistas, o assessor disse, porém, considerar “absolutamente improvável” que o Papa possa vir a mudar a decisão do governo do país asiático. O G1 procurou a assessoria da Nunciatura Apostólica, representante do Estado do Vaticano no Brasil, mas não obteve retorno até a última atualização desta reportagem.
Na Indonésia, os presos são executados por um pelotão de fuzilamento, e podem escolher se querem ficar de pé, sentados ou deitados. Eles são vendados para a execução. O atual presidente do país, Joko Widodo, assumiu o cargo em 2014 e adotou espécie de “mão pesada” na luta contra as drogas e afirmou, no mês passado, que iria rejeitar os pedidos de clemência das 64 pessoas no corredor da morte por crimes relacionados a drogas.
Ao término da entrevista no Palácio do Planalto, Marco Aurélio Garcia disse acreditar que “somente um milagre” fará com que Marco Archer não seja executado neste fim de semana.
Segundo negociadores do Ministério das Relações Exteriores, procurar autoridades internacionais, como o Papa e líderes internacionais, é “natural”, em razão de outros países estarem na mesma situação que o Brasil.
“Tentar a articulação com outras autoridades, como o Papa, é algo que está na nossa perspectiva porque nós também temos feito articulação com outros países que estão com problema semelhante”, disse um diplomata sob a condição de anonimato.
Histórico
Marco Archer é instrutor de voo livre e foi preso ao tentar entrar na Indonésia, em 2004, com 13 quilos de cocaína escondidos nos tubos de uma asa delta. A droga foi descoberta pelo raio-x, no Aeroporto Internacional de Jacarta. O brasileiro conseguiu fugir do aeroporto, mas foi preso duas semanas depois. A Indonésia pune com pena de morte o tráfico de drogas.
As leis da Indonésia contra crimes relacionados a drogas estão entre as mais rígidas do mundo, e contam com o apoio da população. "Com isso (as execuções), mandamos uma mensagem clara para os membros dos cartéis do narcotráfico. Não há clemência para os traficantes", relatou à imprensa local Muhammad Prasetyo, procurador-geral da Indonésia.
Além do brasileiro, há entre os condenados um indonésio, um holandês, dois nigerianos e um vietnamita. Apesar de a Indonésia não ter realizado nenhuma execução durante o ano de 2014, está previsto para este ano o fuzilamento de 20 prisioneiros.
De acordo com jornais locais, as autoridades do país afirmam que já foram preparados “o esquadrão de tiro, um clérigo e médicos”. As execuções ocorrerão simultaneamente. A procuradoria explicou ainda que os condenados são avisados da execução com três dias de antecedência para que possam se preparar mentalmente e para que façam seus últimos pedidos.

Rodrigo Gularte também foi preso em 2004, mas a data da execução da pena ainda não foi definida. Conforme o Itamaraty, atualmente há 3.209 brasileiros presos no mundo. A maior parte (1.108, 34%), está detida em países da Europa. Desses 3,2 mil, 2,4 mil são homens; 963 estão detidos por tráfico ou porte de drogas; 1,4 mil estão em prisão preventiva ou aguardando julgamento; e 1,4 mil já cumprem pena no exterior.

sábado, 10 de janeiro de 2015

POPULAÇÃO DE ITAITUBA TEM MEDO DE SAIR AS RUAS COM CRESCIMENTO DA VIOLENCIA

Depois de circular as imagens nas rede sociais e identificarem, ainda na tarde de ontem a Policia Civil de Itaituba identificou o corpo encontrado por três jovens no antigo clube dos 30.

O corpo de Jhonatan Sena Moraes mais conhecido na cidade por “Tata” que trabalhava de moto táxi.aparentemente e visivelmente  o crime foi com requinte de crueldade e revoltou amigos e parentes que pedem justiça. A policia esta a procura do assassino ou dos assassinos, mas ate o momento ninguém foi preso,pra variar como a sociedade já esperava,o velório esta acontecendo na 25ª Rua depois da Raimundo Preto.
Esses crimes estão acontecendo com frequência em nossa cidade e a população está refém da violência que tem disparado e as autoridades policias não tem uma resposta a dá aos municipes que temem com a insegurança urbana.

quinta-feira, 1 de janeiro de 2015

PREFEITA ELIENE NUNES COMEMORA REVEILLON COM O POVO NA ORLA DA CIDADE

 A  chegada do Ano Novo foi comemorado em grande estilo em Itaituba com 14 minutos de queima de fogos na orla da cidade onde mais uma vez o publico compareceu e participou com a prefeita Eliene Nunes  que foi recebida com muito carinho pela população que agradeceu pessoalmente pela belíssima festa que administração proporcionou ao povo sem descriminação de classes deixando marcado como o Governo de Todos.




domingo, 28 de dezembro de 2014

Mega-Sena da Virada tem prêmio estimado em R$ 240 milhões

Neste sábado não há sorteio; apostas são exclusivas para Mega da Virada.
Lotéricas recebem volantes até as 14h do dia 31 de dezembro.

Mega-sena aposta casa lotérica sorteio loteria (Foto: Paola Fajonni/G1)Mega-Sena da Virada tem prêmio estimado em
R$ 240 milhoes
Já estão valendo as apostas exclusivas para a Mega-Sena da Virada, cujo prêmio está estimado em R$ 240 milhões. Segundo a Caixa Econômica Federal, não haverá sorteio de concurso neste sábado (27).
A Mega-Sena da Virada será sorteada no dia 31 de dezembro. Desde quinta-feira (25), todas as apostas para a Mega concorrerão ao super prêmio da modalidade, inclusive as feitas em volantes regulares.
A Mega da Virada é considerada a mais popular das loterias especiais da Caixa e teve sua primeira edição em 2009. Na ocasião, dois ganhadores dividiram o prêmio de R$ 144,9 milhões.
As apostas sorteadas na época saíram para Santa Rita do Passa Quatro (SP) e Brasília (DF).
O prêmio da Mega da Virada não acumula. Caso não haja ganhador com as seis dezenas sorteadas, o valor será dividido entre os que acertarem cinco números, e assim por diante.
A aposta mínima é de R$ 2,50 e pode ser feita em qualquer lotérica do país até as 14h do dia do sorteio, 31 de dezembro. Já bolões têm preço mínimo de R$ 10.
O sorteio do concurso especial será realizado às 20h (horário de Brasília) com transmissão ao vivo pelas TVs abertas.

sexta-feira, 26 de dezembro de 2014

RETROSPECTIVA 2014


 Uma cidade Itaituba,Uma Mulher Eliene Nunes e mais uma coleção de vitórias da dupla Jatene Governador e da prefeita.
Ficou marcado na historia de Itaituba e do Pará o Município que levou um governador a uma reeleição no ano de 2014,onde muitos politiqueiros que pensam que porque tem dinheiro podem sair comprando a dignidade das pessoas e outros porque foram,repito foram no passado aplaudidos por uma população que chorou junto com ele quando o próprio atacou em meios de comunicação o seu rival que hoje andam mãos dadas e que com essas mesmas mãos apanharam feio no primeiro e segundo turno de uma mulher.
Essa parte tinha que ser reprisada na retrospectiva de 2014 e de toda historia de Itaituba e agora de todo o Pará. 

segunda-feira, 8 de dezembro de 2014

Defesa de avô de Isabella diz que nova acusação 'não tem lógica'



O advogado de Antônio Nardoni, avô da menina Isabella e citado em novo depoimento do caso da morte da criança, afirmou que a acusação contra seu cliente “não tem lógica”. Uma funcionária do presídio onde Anna Carolina Jatobá está presa pelo homicídio afirma que o avô de Isabella teria aconselhado seu filho, Alexandre Nardoni, e a nora a forjarem um acidente no dia da morte da neta. O novo depoimento foi apresentado com exclusividade pelo Fantástico de domingo.
Advogado da família Nardoni, Roberto Podval (Foto: Reprodução/TV Globo)Advogado da família Nardoni, Roberto Podval
Segundo os promotores do caso, a menina foi asfixiada em 29 de março de 2008 pela madrasta e depois jogada pela janela do 6º andar pelo pai, Alexandre Nardoni. O casal vivia em um prédio na Zona Norte de São Paulo. Dois anos depois, Anna Jatobá foi condenada a 26 anos de cadeia e Alexandre, a 31 anos de prisão. Os dois continuam em presídios de Tremembé, no interior de São Paulo.
“Achei super confuso, totalmente sem nexo. Uma pessoa que não se identifica, que seis anos depois aparece para a mídia dizendo que naquela época teria ouvido que a Anna teria falado alguma coisa. Não tem lógica nenhuma”, disse Roberto Podval ao G1 nesta segunda-feira (8).
Arte caso Isabella Nardoni (Foto: Arte/G1)
Ele disse que ainda não teve acesso às informações contidas no depoimento da funcionária, mas que vai tomar medidas contra ela.
“Nós precisamos entender o que que é isso, o que ela falou no depoimento. Vou ter acesso às informações primeiro e só depois vou ver o que fazer em relação a essa pessoa que o acusou”, completou. Podval disse ainda que se encontraria com seu cliente nesta segunda para conversar sobre o assunto.
Novo depoimento
Uma mulher que trabalha no sistema penitenciário de São Paulo declarou ao Ministério Público que Antônio Nardoni pode ter participação na morte da menina de 5 anos, informou o Fantástico neste domingo (7). Ela diz ter ouvido a revelação dentro da prisão onde Anna Carolina Jatobá, madrasta de Isabella, cumpre pena pelo assassinato. O avô nega qualquer envolvimento no crime: "Nunca faria isso".
A funcionária revelou que Anna Jatobá assumiu, em conversa dentro do presídio em 2008, ter batido na menina e contou que o marido, Alexandre, jogou a própria filha pela janela. “Foram os primeiros dias dela naquela unidade. Ela tinha muito medo do convívio com as outras presas”, contou.
Do lado de fora da cadeia, a madrasta sempre negou participação no assassinato. Em entrevista ao Fantástico no ano do crime, ela jurou inocência. “Somos totalmente inocentes. Eu nunca levantei um dedo. Nunca falei um nada. Nunca nem gritei com ela”, disse na época.
A funcionária contou que Anna Carolina também citou, dentro do presídio, o envolvimento do pai de Alexandre no caso. “Ela falou que o sogro mandou, orientou os dois a simular um acidente. Eu ouvi da boca dela, olho no olho”, disse a mulher, que prefere não se identificar.
E deu outros detalhes do dia do crime, segundo versão da testemunha. “Eles foram no supermercado, fizeram uma compra com as crianças. Não levaram a compra para casa. O cartão não passou, deu algum problema. Aí, estavam nervosos”, disse.
De acordo com a funcionária do sistema carcerário, Anna Jatobá contou que bateu com violência na enteada dentro do carro da família. “Falou que ela bateu na menina porque a menina não parava de encher o saco. Que a menina estava enchendo muito o saco. Que não era para ser tão grave. Pensou que matou, pensou que a menina estivesse morta.” “Ela fala que não estrangulou a menina. Que ele colocou a menina no chão, acreditando que a menina estivesse morta, enquanto ela ligava para o sogro.”
Ainda segundo a funcionária, na conversa com o sogro Antônio Nardoni, a madrasta da menina teria ido direto ao ponto. “Falou para o sogro que matou a menina e ele falou: ‘simula um acidente. Senão, vocês vão ser presos’. Aí, tiveram a ideia de jogar a menina pela janela. Que o Alexandre só jogou a filha porque acreditava que ela estivesse morta e que ele entrou em choque depois que jogou. Desceu, e a menina estava viva.”
Na época do crime, com a quebra do sigilo telefônico do casal, ficou comprovado que, a partir das 23h51 da noite da morte de Isabella, Antônio Nardoni e Anna Jatobá conversaram durante 32 segundos. “A ligação teria sido feita logo depois do corpo ter sido jogado. É isso que a investigação indicou. Mas nós temos que apurar se havia outro telefone, usaram outro celular? Não sei, nós temos que ver agora”, disse Francisco Cembranelli, promotor do caso.
Denúncia
A funcionária disse que Anna Jatobá nunca denunciou o sogro porque é ele que sustenta toda a família. “Com certeza, é pelo silêncio dela. Ela recebe muita coisa de fora. Coisas que outras presas não recebem. Vários tipos de queijos, brincos. O colchão que ela dorme é especial. Foi presente do seu Nardoni para ela. Porque estava dando problema na coluna dela o colchão da penitenciária”, contou.
Na terça-feira passada, a mulher procurou o Ministério Público e prestou um depoimento oficial. “Na verdade, eu queria denunciar a partir do momento que eu ouvi. Essa história me pesava a consciência, saber de um crime e não denunciar. Eu só não sabia um meio legal de denunciar sem me comprometer”, afirmou.
O Ministério Público garantiu o sigilo. “Ninguém saberá o nome ou qualquer identidade dessa testemunha. Se as investigações evoluírem, é claro que é possível que surja um novo júri”, diz o promotor Paulo José de Palma, que ouviu o novo relato.
Cembranelli disse que o avô chegou a ser investigado na época. “Durante a investigação, havia suspeitas, sim. Porque houve um contato do casal com o pai num momento muito próximo ao crime. Suspeitou-se de participação, mas nós não conseguimos na investigação também trazer responsabilidade para outras pessoas. Por isso, somente o casal foi denunciado.”
As revelações feitas pela testemunha podem repercutir imediatamente. O depoimento dela será analisado nesta semana por uma promotora do Fórum de Santana, onde tramita o caso Isabella. Depois, policiais devem ouvir Anna Jatobá, Antônio Nardoni e a testemunha que fez a denúncia.  “O que eu ouvi foi o que eu falei em depoimento e o que eu falo agora. Eu tenho convicção que a Anna Carolina não mentiu para mim. Eu não sei se ela vai repetir isso agora, se ela vai assumir.”

domingo, 7 de dezembro de 2014

MORRERAM DEFENDENDO SEUS EMPREGOS



O mês de dezembro no Goiás iniciou marcado pela violência e triste situação ocorrida no dia 1º de dezembro na br 153, entre as cidades de Morrinhos e Goiatuba em Goiás, onde 3 trabalhadores, perderam as vidas para bandidos fortemente armados que, a confirmar, roubaram algo em torno de 4 milhões de reais; os veículos(carros fortes) foram atingidos por munição ponto 50, capotando e na troca de tiros infelizmente 3 seguranças foram atingidos perdendo suas vidas; levando a crer que tudo foi planejado e premeditado em detalhes,pois o local é de baixa intensidade de celular dificultando assim o contato com a polícia e, há quem comente, que tem o tudo haver com grupo PCC. 


sexta-feira, 5 de dezembro de 2014

Cientistas alertam para asteroides e dizem que Terra está na 'linha de tiro'


Grupo de mais de 100 especialistas faz evento em Londres para pedir desenvolvimento de sistema de monitoramento e destruição de corpos celestes.

Cientistas alertam para catástrofe global em caso de colisão  (Foto: Thinkstock)

 Um grupo de mais de 100 cientistas, astronautas e líderes empresariais pede às autoridades o desenvolvimento de um sistema de monitoramento e destruição de asteroides que coloquem em risco a vida no planeta Terra.
Reunidos em um evento no Museu de Ciência de Londres para lançar o Dia do Asteroide, a ser celebrado a partir de 2015, os cientistas alertaram para o "catastrófico" risco de um impacto.
"Há um milhão de asteroides no sistema solar que têm o potencial de atingir a Terra e destruir uma cidade inteira. Até agora, localizamos menos de 10 mil - somente 1% - deles. Mas temos tecnologia para mudar esta situação", declarou Martin Rees, professor emérito de Cosmologia e Astrofísica da Universidade de Cambridge.
Ao lado de nomes como o guitarrista da banda Queen, Brian May, também doutor em astrofísica, Rees listou as sugestões do grupo de cientistas:
- Empregar a tecnologia disponível para detectar e monitorar asteroides com traçado próximo à Terra e que representem ameaças à população através da ação de organizações filantrópicas e governos.
- Acelerar em 100 vezes a descoberta e o monitoramento de asteroides que circulem próximos à Terra para um número de cerca de 100 mil (descobertas) por ano nos próximos dez anos.
-Adoção global do Dia do Asteroide, em 30 de junho, para aumentar a consciência sobre os danos que os corpos celestes poderiam provocar e sobre a necessidade de prevenção. Embora diga que este tipo de fenômeno é improvável, o astrofísico afirma que a Terra está "na linha de tiro".
Já o guitarrista e astrofísico Brian May disse que, embora as chances sejam pequenas, "basta um asteroide" em um milhão com risco de acertar a Terra para que ocorra uma tragédia global.
"Um corpo de 200 metros de diâmetro que caia no oceano pode provocar tsunamis que poderiam devastar toda a costa Leste dos Estados Unidos e uma parte da Europa", agregou Martin Rees.
"A cada dez milhões de anos, um corpo de alguns quilômetros de diâmetro - um asteroide ou um cometa - vai acertar a Terra, causando uma catástrofe global equivalente a milhões de bombas atômicas", concluiu Rees.
A declaração com as sugestões foi assinada por cientistas, físicos, artistas, astronautas e homens de negócios de 30 países.

Nova foto pode ajudar polícia a achar PM que posou com jovens nuas

Tatuagem de jovens que aparecem se beijando pode esclarecer o caso.
Polícia Militar ainda não sabe quem é o policial que aparece na 'festinha'.

Mulheres foram fotografadas nuas e se beijando  na viatura da Polícia Ambiental (Foto: G1)Mulheres foram fotografadas nuas e se beijando na
viatura da Polícia Ambiental
Uma nova imagem obtida pela Polícia Militar pode ajudar a identificar o policial que tirou fotos com cinco mulheres nuas interagindo em uma viatura. As imagens acabaram vazando nesta quarta-feira (3) e foram divulgadas pelas redes sociais. De acordo com a polícia, o caso já está sendo investigado e está avançando.
Na nova imagem, duas mulheres aparecem se beijando dentro da caçamba da viatura da Polícia Ambiental. Segundo a polícia, essa foto pode ajudar nas investigações, já que elas mostram claramente duas tatuagens das garotas, o que pode ser essencial para a identificação da dupla.
Durante a ação, os participantes tiveram o cuidado de colocar peças de roupas na placa e no código da viatura, o que vem dificultando os trabalhos da polícia. De acordo com a polícia, ainda é impossível afirmar o local onde a foto foi tirada. A maior probabilidade, segundo a investigação, é que a imagem tenha sido feita no litoral ou na Grande São Paulo devido as características do veículo.
Por meio de nota, a Polícia Militar afirma que tomou ciência dos fatos e que irá apurá-los com o máximo rigor. O policial militar, sendo identificado, irá responder a um processo administrativo exoneratório, que poderá acarretar em sua expulsão da instituição. A PM diz ainda que reafirma seus valores éticos e responsabilidade com a prestação de serviços à população e que não compactua com atos como os apresentados nas fotos.
PM pode ser expulso após tirar fotos com cinco jovens nuas em viatura (Foto: G1)

quarta-feira, 3 de dezembro de 2014

Jovem é morto a tiros no residencial do Piracanã

Comentários e imagens nas redes sociais correram rapidamente que mais tarde foi confirmado a morte de um jovem de 15 anos, Everton Silva Leonel, foi abatido a tiros. Segundo um colega que presenciou o crime dois homens numa moto Titan Fan preta efetuaram os disparos contra o jovem que voltava de um comércio nas proximidades no residencial quando foi alvejado pelas costas. Segundo testemunha após caído a vitima foi alvejada na cabeça.