segunda-feira, 4 de junho de 2012

Dudimar e Hilton o que está acontecendo? ciúmes ou inveja?

Dudimar Paxiuba x Hilton Aguiar


O relacionamento político entre os deputados Dudimar Paxiuba e Hilton Aguiar está seriamente estremecido. O desentendimento já vem de algum tempo mais azedou de vez após Hilton Aguiar conseguir a nomeação da professora Edilzia Prata Fernandes para a direção da 12ª URE.

Ao tomar conhecimento da nomeação Dudimar Paxiuba foi à Casa Civil reclamar da “esperteza política” de Hilton Aguiar que tem emplacando suas indicações em todos os setores da administração estadual aqui em Itaituba.
Na lista dos órgãos estão: A SUSIPE, DETRAN, 12ª URE, IASEP, ADEPARA, COSANPA, PM e Polícia Civil.
Dudimar alertou a Casa Civil do governo para as ingerências políticas que estariam ocorrendo dentro de alguns órgãos e citou a 12ª URE, que por ordem de assessores do deputado Hilton Aguiar os professores do SOME – Sistema Modular de Ensino teriam suspendido as aulas para participarem de reunião política promovida pelo PSC partido do deputado Hilton Aguiar.
Dudimar informou ainda que pretende entregar um dossiê a casa civil do governo com denuncias que provariam que o comportamento político do deputado Hilton Aguiar é incompatível com um aliado do governo.
Fonte:portaltapajoara

2 comentários:

  1. Quando usamos a palavra inveja, estamos nos referindo a ter inveja de alguém por ter algo que não temos. Esso tipo de inveja é um pecado e não é uma característica de um Cristão – isso só mostra que ainda estamos sendo controlados pelos nossos próprios desejos (1 Coríntios 3:3). Gálatas 5:26 diz: “Não sejamos cobiçosos de vanglórias, irritando-nos uns aos outros, invejando-nos uns aos outros”.

    A Bíblia nos diz que devemos ter um tipo de amor tão perfeito quanto o que Deus tem por nós. “O amor é sofredor, é benigno; o amor não é invejoso; o amor não trata com leviandade, não se ensoberbece. Não se porta com indecência, não busca os seus interesses, não se irrita, não suspeita mal” (1 Coríntios 13:4-5). O mais que nos focalizamos em nós mesmos e nos nossos próprios desejos, o menos poderemos nos focalizar em Deus. Quando endurecemos nossos corações para a verdade, não podemos nos voltar a Jesus e deixar que Ele nos cure (Mateus 13:15). No entanto, quando deixamos que o Espírito Santo nos controle, Ele vai produzir em nós o fruto da nossa salvação, que são amor, gozo, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fé, mansidão, temperança (Gálatas 5:22-23). Tiago 3:15 diz: “Mas, se tendes amarga inveja, e sentimento faccioso em vosso coração, não vos glorieis, nem mintais contra a verdade. Essa não é a sabedoria que vem do alto, mas é terrena, animal e diabólica”.

    Ter inveja indica que não estamos satisfeitos com o que Deus tem nos dado. A Bíblia nos diz que devemos estar satisfeitos com o que temos, pois Deus nunca vai nos deixar ou abandonar (Hebreus 13:5). Para combater o sentimento de inveja, precisamos nos tornar mais como Jesus e menos como nós mesmos. Podemos fazer isso ao estabelecer um relacionamento pessoal com Deus. Podemos conhecê-lO mais através de estudos bíblicos, oração e de ir à igreja. À medida que aprendemos a servir a outras pessoas ao invés de nós mesmos, nossos corações começam a mudar. “Não sede conformados com este mundo, mas sede transformados pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus” (Romanos 12:2).
    Será que isso rsponde a sua pergunta?

    ResponderExcluir